Ostomizados de Friburgo precisam de ajuda.

 

 

 

 

:| COMO TUDO COMEÇOU ! |:

 

 

No início, a idéia era desenvolver uma página na Internet que ajudasse na divulgação de uma "Cartilha", que se propunha a fornecer um conjunto de instruções básicas para a construção de banheiros para ostomizados.

 

Essa seria uma contribuição voltada para a superação de uma das mais importantes barreiras arquitetônicas impostas a esse grupo de deficientes físicos.

 

Essa página foi disponibilizada na grande rede com o título de “Banheiros para Ostomizados” em meados de 2005, no endereço:

 

 

Esse endereço deixou de existir na Internet e, portanto, não pode mais ser acessado a partir de 26 de outubro de 2009, porque o Yahoo! GeoCities foi fechado.

 

No principio ela se destinou, exclusivamente, a essa divulgação. Contudo, o seu conteúdo foi aumentando na medida que notávamos que esse público carecia de toda a sorte de informações, especialmente nos primeiros momentos de convivência com essa deficiência. Assim, foram incluídas nesse endereço outras informações, como foi o caso dos banheiros japoneses para ostomizados e de uma alternativa para o uso do cinto de segurança por ostomizados, dentre outras.

 

Nesse período ela recebeu milhares de visitantes e muitas "cartilhas" foram baixadas.

 

O site “ Portal Ostomizados” se apresenta aos nossos visitantes como um sucessor dessa página na Internet que ficou conhecida como “Banheiros para Ostomizados”.

 

Agora, vamos avançar na apresentação de novas propostas e sugestões para esse público, por que entendemos que é chegada a hora de lhes oferecer melhores condições de sobrevivência. Isso será feito dentro de um cenário mais leve e dinâmico, onde serão apresentadas soluções domésticas para o cotidiano desse grupo de indivíduos.

 

Os nossos leitores devem ter em mente que cada uma de nossas propostas e sugestões são humildes contribuições para a construção de uma nova realidade para o público ostomizado, em especial, para as nossas crianças.

 

O conteúdo dessas apresentações expõe, propositalmente, a intimidade do autor. Com isso, pretendemos mostrar a realidade que envolve o cotidiano de uma pessoa ostomizada. Acreditamos que essa atitude pode ajudar a quebrar preconceitos, além de apresentar para o público em geral as peculiaridades do dia-a-dia desse grupo de deficientes físicos.

 

Como grande parte do conteúdo desse site retrata experiências pessoais do seu autor, alguns acessórios podem apresentar resultados diferentes do esperado, dependendo da estrutura anatômica de cada um. O ajustamento desses resultados depende da contribuição dos nossos visitantes. Desse modo, agradeceremos receber opiniões, sugestões, dúvidas, correções ortográficas e tudo que puder contribuir para o aprimoramento dessa iniciativa.

 

Prometemos nos empenhar para que cada uma de nossas iniciativas contribua para a elevação da auto-estima e melhora da qualidade de vida da pessoa ostomizada.

 

Por fim, cabe ressaltar que esse material é produzido por um Engenheiro brasileiro que convive com as limitações da Doença de Crohn e pela condição definitiva de ileostomizado. Seus esforços se justificam, exclusivamente, por motivação humanitária.

 

 

 

 

A NOSSA CONDIÇÃO DE "SERES HUMANOS" SÓ SE FAZ
CONSISTENTE COM A PRÁTICA DA HUMANIDADE .
SPENCER FERREIRA.

 

 

 

 

 

 

 

Google

Pesquisa personalizada


O Portal Ostomizados é produzido por Engº Spencer Ferreira, portador da Doença de Crohn e da condição definitiva de ileostomizado.
Licença Creative Commons
Esse conteúdo é licenciado sob uma Licença Creative Commons - Atribuição Não Comercial - Compartilhamento pela mesma licença 3.0 - Não Adaptada.
Autorizações adicionais podem ser obtidas em faleconosco@ostomizados.com.
***Site criado em janeiro de 2007***
*Política de Privacidade*